Roberta Brangioni conversa com Gilcimária Félix e Shirley Djukurnã Krenak sobre o Rio Doce


Palestrantes

Roberta Brangioni é educadora e pesquisadora, formada em Ciências Sociais pela Universidade Federal de Minas Gerais, com atuação em projetos ligados à educação popular, à agroecologia, aos valores e direitos humanos. Em suas pesquisas de mestrado e doutorado vem atuando junto a povos e comunidades tradicionais de Minas Gerais. Nos últimos anos, trabalhou com jovens, em um assentamento do MST, às margens do rio Doce, uma das comunidades atingidas pelo rompimento da barragem de rejeitos de Fundão, ocorrido em 2015. Motivada pelo trabalho no assentamento, ao sentir de perto os impactos da contaminação do rio, escreveu seu primeiro livro, inspirado em pessoas, animais e cenários reais da região do Vale do Rio Doce, como uma mensagem em defesa das águas e da vida.

Gilcimária Félix faz parte do Assentamento Primeiro de Junho, e é Mestranda em Geografia pelo Programa de Desenvolvimento Territorial na América Latina e Caribe da UNESP.

Shirley Djukurnã Krenak é ativista na proteção dos rios sagrados, escritora e coordenadora do Instituto Shirley Djukurnã Krenak no estado de MG.

Data e Horário

9 de abril, sexta-feira, às 16h

Canal de Transmissão

Promoção

Editora Peirópolis