Debate “Sonhos confinados – O que sonham os brasileiros em tempos de pandemia”


O presente debate tem como objetivo apresentar o novo livro da editora Autêntica, Sonhos confinados, através de um debate entre seus organizadores.

Nesta obra, diferentes grupos de psicanalistas passaram a coletar, registrar e escutar sonhos, culminando em uma pesquisa. Desse trabalho conjunto surgiu um rico acervo, um documento único de um momento traumático – subjetiva e socialmente – de nossa experiência histórica. Trata-se de uma ontologia do tempo presente a partir dos sonhos, estes registros capazes de apreender com mais agudeza aquilo que parece recalcado ou não dito em nossa experiência social compartilhada e responsáveis por nos ajudar a elaborar aquilo que escapa às nossas representações.


Palestrantes

Cláudia Perrone é psicóloga e psicanalista associada da Associação Psicanalítica de Porto Alegre (APPOA). Professora do Instituto de Psicologia e do Programa de Pós-Graduação de Psicanálise: Clínica e Cultura da UFRGS.

Carla Rodrigues é professora de Ética no Departamento de Filosofia da UFRJ, pesquisadora no Programa de Pós-Graduação em Filosofia (IFCS/UFRJ) e bolsista de produtividade da FAPERJ. Coordenou um dos grupos de trabalho da Pesquisa Sonhos Confinados.

Keilah Gerber é graduada em Psicologia e especialista em Saúde Mental pela PUC Minas, mestre em Psicologia pela UFAL e doutoranda em Estudos Psicanalíticos pela UFMG. É autora do livro Fazer-se um nome: pecado e reparação em Lacan (Edufal, 2019).

Gilson Iannini é professor do Departamento de Psicologia da Universidade Federal de Minas Gerais e editor da coleção Obras incompletas de Sigmund Freud (Autêntica). Membro da Escola Brasileira de Psicanálise e da Associação Mundial de Psicanálise.

Data e horário
6 de abril, terça-feira, às 19h

Canal de transmissão

Promoção
Autêntica Editora